domingo, 9 de novembro de 2014

Avaliação de iniciativas sociais é tema de Diálogo em Florianópolis

Promovido pelo Instituto Fonte, em parceria com o programa Esag Comunidade, debate reuniu especialistas e organizações na manhã desta quarta



Encontro no Auditório da Udesc Esag teve ampla participação de gestores de organizações,
professores e acadêmicos. Fotos: Gustavo Cabral Vaz/Ascom

Representantes de diferentes organizações, professores e acadêmicos participaram de um encontro sobre a construção e o uso de avaliações em iniciativas sociais, na manhã desta quarta-feira, 8, no Auditório do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Parte da série de eventos Diálogos do Projeto Avaliação, promovida pelo Instituto Fonte, o evento foi realizado em parceria com o programa de extensão Esag Comunidade, o Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICom) e o Instituto Padre Vilson Groh (IVG), com o apoio da Fundação Itaú Social e do Instituto C&A.

O tema foi debatido por três especialistas com ampla experiência no assunto.


O tema da avaliação de iniciativas sociais é trabalhado na Udesc Esag
desde 2010, em iniciativas coordenadas pela professora Carolina Andion

A professora da Udesc Esag Carolina Andion, pesquisadora do Núcleo de Inovações Sociais na Esfera Pública (Nisp) e coordenadora do programa Esag Comunidade, abordou o tema a partir de um retrospecto das diversas atividades no centro de ensino relacionadas à avaliação de projetos sociais, realizadas desde 2010.

O tema motivou iniciativas no âmbito do Nisp e do projeto Redes Sociais, coordenado pela professora Carolina Andion e vinculado ao programa Esag Comunidade

Realizadas em parceria, as ações incluem cursos, seminários e oficinas voltadas para gestores públicos (governamentais ou não) e acadêmicos de diversas instituições de ensino da Grande Florianópolis.


Domingos Armani tem experiência em
consultorias no Brasil e no exterior
Consultores

O consultor Domingos Armani palestrou a partir de sua ampla experiência no Brasil e no exterior, no apoio a agências de cooperação, órgãos públicos, institutos, fundações e organizações sociais.

O diálogo foi intermediado por Madelene Barboza, consultora da organização Move Social e uma das coordenadoras do Projeto Avaliação.

Entre as questões debatidas, foram abordadas a função da avaliação em práticas de gestão de iniciativas sociais, os principais desafios nesse processo, como desenvolver avaliações úteis e relevantes e como avaliar para promover desenvolvimento e transformação.

Reflexão


Consultora Madelene Barboza
As falas enfatizaram o papel reflexivo que os processos de avaliação proporcionam em organizações da sociedade civil, ao atribuir valor e definir o que é legítimo para a instituição.

Outro aspecto destacado foi que o processo avaliativo, para se torne importante, precisa fazer sentido para as práticas cotidianas das organizações.

A parte final do encontro foi dedicada às perguntas e comentários, gerando um espaço de debate e reflexão, com participação ativa do público.

Fonte: http://www.udesc.br/?idNoticia=11475
Assessoria de Comunicação da Udesc Esag
Jornalista Gustavo Cabral Vaz
Leia a cobertura do evento feita pelo Instituto Fonte e acesse os materiais utilizados pelos palestrantes: http://institutofonte.org.br/node/1245.

Nenhum comentário:

Postar um comentário